Vender em diversos canais, como loja virtual própria e marketplaces, é uma boa estratégia para aumentar o faturamento da empresa. Mas manter as vendas organizadas é um grande desafio para o lojista se esta tarefa for realizada de forma manual.

Usar um sistema de gestão, como um ERP, é uma boa escolha para manter tudo em ordem. O ERP tem como objetivo centralizar e organizar as informações de uma empresa, para tornar as rotinas mais leves e com menor possibilidade de erros. Esta centralização facilita toda a comunicação da empresa, além de deixar as informações sempre disponíveis para realizar consultas ou gerar relatórios.

Neste conteúdo você vai conhecer mais sobre o sistema ERP e como ele pode ajudar sua empresa a vender online com organização e padronização. 

Desafios de uma empresa multicanal

Uma empresa multicanal é caracterizada pela venda em mais de um local, como loja virtual própria, marketplace e até loja física. Controlar estoques, vendas e finanças pode ser complicado sem a ajuda de um sistema.

Você precisa saber quanto vendeu no dia, que produtos precisa comprar para não ficar sem estoque e qual o valor necessário para pagar as contas do mês, por exemplo. São informações básicas, que precisam estar sempre à disposição do gestor.

Uma forma de manter tudo organizado e com informações precisas é utilizar um ERP para auxiliar na gestão dos multicanais. São diversos os recursos oferecidos para que você possa otimizar esta rotina. Conheça:

Integração com outras soluções para e-commerce

Integrar significa conectar um sistema ao outro para facilitar a troca de informações. Quando uma empresa integra o ERP com a plataforma de e-commerce usada para criar a loja virtual e com os marketplaces utilizados para ampliar as vendas, o trabalho é facilitado. Isso porque a criação de anúncios fica mais fácil, além do controle de estoques e centralização de todos os pedidos recebidos.

Ainda, outras integrações podem ser realizadas para tornar o dia a dia ainda mais facilitado. Podemos destacar os gateways de pagamento, que identificam os pedidos que foram pagos pelos clientes, e as soluções logísticas para cotação de fretes. Tudo é feito dentro do ERP.

Esta conexão ainda traz diversos benefícios para o vendedor, que serão explicados ao longo do texto.

Envio de produtos para os canais de venda

Quando o ERP está conectado aos canais de venda, sejam eles marketplaces ou plataformas de e-commerce, a criação de anúncios se torna mais rápida e fácil. Você consegue cadastrar os produtos no ERP e enviar para quantos canais quiser, criando diversos anúncios de uma só vez. 

Para isso, é preciso cadastrar os produtos de forma completa no ERP, para que todas as informações estejam disponíveis. Assim, o cliente não fica com dúvidas na hora da compra. Estamos falando de dados como nome do produto, tamanhos disponíveis, cores, GTIN, preço e descrição dos produtos. 

Com os cadastros feitos, é só enviar para cada canal de venda. Dessa forma, não é preciso acessar diversos sistemas para criar anúncios. Este envio cria um vínculo entre o ERP e o canal de venda, para que, ao receber os pedidos, você possa ver exatamente qual produto foi vendido.

Pedidos centralizados

Para fins de organização, é importante que todos os pedidos estejam reunidos em um só lugar. Isso porque é complicado gerenciar as vendas se for necessário acessar diversos painéis para verificar os pedidos. Imagine acessar cada marketplace e plataforma de e-commerce todos os dias para ver os pedidos. É inviável. Além de confuso, algum pedido pode ser esquecido.

Mesmo vendendo em apenas dois canais, a centralização torna tudo mais fácil e economiza tempo no despacho das encomendas aos clientes. Com os pedidos reunidos, em poucas ações as notas fiscais são emitidas e os produtos são separados e embalados para envio.

Outro benefício é que, em apenas uma tela, o seller poderá verificar as vendas do dia, do mês e até poderá avaliar quais canais de venda estão convertendo mais vendas. 

Controle de estoques

O controle de estoques deve ser feito em lojas físicas e também no e-commerce. Imagine se um cliente comprar um item em sua loja, mas ao separar os pedidos, o produto comprado não tem estoque suficiente para envio. Você vai precisar entrar em contato com o cliente e sugerir uma troca, ou então, o cancelamento da venda. O cliente pode se frustrar e não comprar mais em sua loja. Para oferecer uma boa experiência de compra, é fundamental garantir o envio dos produtos.

Mas como cuidar dos estoques trabalhando com diversos canais de venda? É só usar um ERP para auxiliar nesta rotina. Com um ERP, a atualização de estoques é feita de forma automática. Isso quer dizer que, sempre que houver movimentação de estoque no ERP, as quantidades são atualizadas nos marketplaces e plataformas de e-commerce integradas. 

Quer saber a importância de vender em vários canais? Acesse esse post da Conecta Lá no blog da Tiny sobre multicanalidade e suas vantagens para o varejo.

Sendo assim, sempre que comprar produtos, os novos estoques são refletidos nos canais para que você não fique sem quantidades disponíveis para venda. O mesmo acontece ao lançar os estoques das vendas. Os estoques são refletidos nos canais, evitando que você venda sem ter produtos disponíveis para envio.  

Exemplo:

  • A empresa comprou 10 calças na cor preta.
  • A entrada foi registrada no ERP através da nota fiscal.
  • Os canais de venda são atualizados e ficam com 10 unidades para serem vendidas.
  • O ERP importa um pedido de 1 calça e a lança o estoque.
  • Agora, os canais de venda ficam com estoque de 9 calças.

Emissão de notas fiscais

A emissão de notas fiscais é uma das obrigações das empresas, pois garante segurança ao comprador caso precise acionar a garantia ou necessite de troca. Além disso, deixa seu negócio em dia com o fisco.

Esta é uma tarefa diária que demanda muito tempo do vendedor caso não seja automatizada. O ERP vem para facilitar este processo, economizando tempo de execução.  Com as regras fiscais da empresa configuradas corretamente, após receber os pedidos dos canais de venda é só selecionar todos e gerar as notas fiscais. 

Para poder emitir as notas, ou seja, enviar ao Sefaz para que tenha validade fiscal, é preciso estar apto para emissão de notas fiscais no estado e ter um certificado digital, seja ele A1 ou A3, configurado no ERP. Com isso, basta selecionar as notas fiscais geradas e realizar a emissão em lote.

Concluindo

Cuidar de múltiplos canais de venda é um desafio, mas você pode utilizar um ERP para te auxiliar nesta tarefa. Com ele, você integra os canais de venda, controla os estoques, emite notas fiscais e muito mais. O ERP consegue reunir as informações do seu negócio, facilitando o gerenciamento e fazendo com que a empresa tenha melhores resultados.

O Tiny é um ERP especialista em gestão de e-commerce, que otimiza a rotina dos lojistas. Com ele, você pode conectar diversos marketplaces e sua loja virtual, para que possa fazer o gerenciamento das vendas de forma organizada. Fique à vontade para criar sua conta e testar grátis por 30 dias clicando neste link.